New Projects

 

“Caixa Elétrica” / “Electric Box”

This project was premiered at Festival Musica Viva in May/2016. It’s a percussion solo projectc that includes only music from portuguese composers, and has a kind of electronic unification between pieces.

More information and media about this project soon.

World Premiers (diferente formations)

2017

  • “Puking Inwards”, Francisca Martins para Ensemble Flexível e Electrónica.

World Premiers with Drumming-GP(percussion group)

2017

  • “No Moon”, José Alberto Gomes (Portugal) para quarteto de marimbas e eletrónica.
  • “The Art of World Making”, Fernando Villanueva (Espanha) para quarteto de marimbas e eletrónica.
  • “Encounter”, Jose Carlos Villena (Espanha) para quarteto de marimbas.
  • “Mince and Quince”, Ashkan Behzadi (Irão) para quarteto de marimbas.
  • “Orbital Shift Variations”, Miguel Azguime para quarteto de marimbas.
  • “Empty Time/Empty Space”, Eduardo Luís Patriarca para sexteto de percussão.

2016

  • Yemaya’s Song, Antonio Chagas Rosa (Quarteto de percussão)
  • Fosil Calatrava, Arturo Fuentes (Quarteto de marimbas)

2015

  • Dragão Watatsumi, Isabel Soveral (Quinteto de percussão)

2014

  • Les Octaves, António Pinho Vargas (Sonata para 2 pianos e percussão)
  • 19 Objectos, 3 Lâminas e 1 Violoncelo, Nuno Guedes Campos (Trio de Percussão e Violoncelo)

2013

  • A Midsummer Night’s Dance, David del Puerto (Quarteto de percussão e Guitarra Elétrica)
  • Três histórias, Pedro Cardoso ( Peixe), ( Quarteto de percussão e Guitarra Elétrica)
  • Medidas de Ajuste, Lola Fernández Marín (Quinteto de Percussão e Voz)

2012

  • Wooden Mind, Jean-Luc Fafchamps (Septeto de timbilas Moçambicanas)

2011

  • Concerto nº3 para 3 percussionistas e Orquestra, Opus109a, Marlos Nobre ( Orquestra Gulbenkian, 18 de Junho)
  • Árias de ópera para Tuba e Percussão, António Pinho Vargas (Tuba e Quarteto de Percussão)
  • Ardore, Ricardo Nova (Tuba e Quarteto de Percussão)
  • Tembang Bambu, Amanda Surkarlan (Sexteto de percussão Indonésia)

2010

  • Im Rauschen Rot, Luís Antunes Pena (Contrabaixo e Quarteto de percussão)
  • Zoom in – Zoom Out, Luís Tinoco (Trio de Marimbas)
  • Ingá, Andreia Pinto Correia (Quinteto de Percussão)
  • Bossa Destruction, Jeffrey Davis (Quinteto de Percussão)
  • Radio Bossa, Luis Oliveira (Quinteto de Percussão)
  • Rebossando, Marlos Nobre (Quinteto de Percussão)
  • Bossa Drumming, Santiago Lanchares (Quinteto de Percussão)
  • Caldo de Bossa, Chico Melo (Quinteto de Percussão)
  • Mancomaracatu, Arrigo Barnabé (Quinteto de Percussão)
  • Inner Changes, Agutí Charles (Contrabaixo e Quarteto de percussão)
  • Santa Bárbara, Efrain Oecher (Contrabaixo e Quarteto de percussão)
  • Continuous Open Flux, Matthias Ockert (Contrabaixo e Quarteto de percussão)
  • La vie des Bêtes, François Sarhan (Espetáculo para quarteto de percussão)

2009

  • Mares III (Ilha de Moçambique), António Chagas Rosa (Sexteto de percussão)
  • Pode ser uma Serra, João Paulo Esteves da Silva (Sexteto de percussão, 2 trompetes, 2 trombones, 3 saxofones)
  • Bailarico, Paulo Perfeito (Sexteto de percussão, 2 trompetes, 2 trombones, 3 saxofones)
  • Divina Santa Cruz, Zé Eduardo (Sexteto de percussão, 2 trompetes, 2 trombones, 3 saxofones)
  • Baixo Miño, Eduardo Soutullo (Sexteto de percussão, 2 trompetes, 2 trombones, 3 saxofones)
  • Apólogo da D.Silvana, Dimitri Andrikopoulos (Sexteto de percussão, 2 trompetes, 2 trombones, 3 saxofones)
  • Noséquenosé, Javier Arias Bal, (Sexteto de percussão, 2 trompetes, 2 trombones, 3 saxofones)
  • Um Dia de Noite, Ricardo Dias (Sexteto de percussão, 2 trompetes, 2 trombones, 3 saxofones)
  • Palindrumming, Polo Vallejo (Sexteto de Timbilas Moçambicanas)

2008

  • poP cisuM, Pedro Amaral (Sexteto de percussão)
  • Mares I (Falésias) Mares II (Cavalos Marinhos), António Chagas Rosa (Sexteto de Percussão)
  • Accanto, Jesús Torres (Quarteto de marimbas)
  • Palíndromo, de Pólo Vallejo (Quinteto de timbilas moçambicanas)
  • Caixa da Música, Arrigo Barnabé ( Peça de teatro para 5 percussionistas)

World Premieres Solo Percussion

2009

  • Proyector I, José Alberto Gomes (Vibrafone Solo e eletrónica)
  • Neve de Verão, Carlos Guedes (Vibrafone Solo)

2016

  • Proyector II, José Alberto Gomes (Solo para gongs afinados e eletrónica)
  • Paradox I (“receptivity”), José Miguel Moreira (Vibrafone Solo e guitarra elétrica)
  • Con +Rift +I, Gustavo Costa e Henrique Fernandes (Solo para Laptop Acústico)
  • “Amen for C” para percussão solo e eletrónica, Isabel Pires (Portugal)

2017

  • “Amen for C” para percussão solo e eletrónica, Isabel Pires (Portugal)